(15) 3532-3523 (15) 998147-0102 | contato@viaparkurbanismo.com

Cultivar horta em casa: 5 benefícios para você e sua família!

De 10 de maio de 2019Qualidade de Vida
horta em casa

Como você imagina o seu dia a dia quando cogita a ideia de cultivar horta em casa? Muitas pessoas enxergam essa meta como uma possibilidade distante, que precisa de muito espaço e dedicação de tempo.

A verdade é que, quando se vive em um residencial planejado, a família encontra mais suporte para adquirir hábitos saudáveis. Assim, a qualidade de vida é elevada. É certo que a iniciativa coletiva tem muita força e por isso colabora para que o convívio equilibrado se estabeleça, incentivando o bem-estar de todas as pessoas envolvidas.

Você conhece o conceito de agricultura orgânica urbana? Começamos tratando do assunto e, na sequência, abordamos as vantagens de cultivar para consumo, além de mostrar como bons hábitos alimentares são fortalecidos. Continue conosco e fique inteirado do assunto!

Entendendo o conceito de agricultura orgânica urbana

A agricultura orgânica urbana está revolucionando o mundo: trata-se do cultivo dentro das cidades ou ao redor delas. Podemos defini-la pelo não uso de agrotóxicos, organismos geneticamente modificados (os famosos transgênicos), antibióticos, drogas veterinárias etc.

Além de promover o contato com as plantações — ação distante na rotina da maioria das metrópoles —, essa forma específica de agricultura nas cidades visa estreitar os laços entre a cultura de produção do alimento e a pessoa que o consome na mesa. Os alimentos orgânicos representam uma solução para prover alimentação saudável e também servem para abastecer o mercado local.

Fazer parte da agricultura orgânica urbana, trazendo essa realidade para dentro do ambiente de convívio, é uma maneira de incentivar o consumo saudável, introduzindo a prática da boa alimentação na rotina de toda a família. Essa iniciativa funciona também educando as crianças acerca da importância da qualidade dos alimentos. Por todos esses motivos, cultivar horta em casa é uma excelente iniciativa!

Construindo o ambiente saudável ideal

A alta qualidade de vida não é apenas contar com conforto ou luxo em sua casa. Viver bem também tem a ver com o fato de o ambiente dispor elementos para que o cuidado com a saúde da sua família seja facilitado e fortalecido, de forma que todos os membros desfrutem de bons hábitos.

No meio no qual você está hoje, quais iniciativas influenciam a rotina dos seus entes queridos, fazendo com que eles vivam melhor? É importante prezar por benefícios como esse. Pensando assim, adquirir um lote é uma boa solução, já que abre espaço para que essa realidade de hábitos saudáveis se concretize.

Cultivando a horta no residencial

O primeiro aspecto interessante de ter uma horta em casa é ver como a atenção que se dá aos alimentos é modificada. Principalmente para as crianças que sempre viveram em ambiente urbano, ter o contato com a forma como as hortaliças são plantadas e cultivadas é um diferencial no desenvolvimento: elas adquirem ciência sobre a importância de todos os processos que acontecem até que o alimento chegue ao prato para ser consumido.

Além disso, quem provê a alimentação da casa pode ficar tranquilo acerca da procedência do que oferece à família, sabendo a origem de cada item da mesa e contando com a certeza de que nenhum passou por processo químico. Essa proximidade com a produção faz com que você se sinta parte do cultivo. Acompanhar o crescimento dos alimentos é estar mais próximo de suas raízes.

A agricultura orgânica urbana é um hábito que deve ser desenvolvido em conjunto para ter os melhores resultados. Por isso, o meio no qual se vive é tão importante para a consolidação de bons hábitos e da saúde dos moradores. Veja as dicas e vantagens dessa prática:

1. Variedade de alimentos

Ao contar com plantações em casa, mesmo que elas sejam pequenas, o acesso à variedade dos alimentos é potencializado. Você e a sua família podem ter mais vegetais e frutas nas refeições, sabendo da procedência, e com muito mais facilidade.

Você pode ter, e prover para a sua família, a experiência de contato com espécies incomuns de frutas, legumes, hortaliças etc. que não encontramos com facilidade no supermercado.

2. Aproveitamento de alimentos

O desperdício também é um assunto importante. Se os produtos consumidos são frescos e cultivados praticamente dentro de casa, há naturalmente uma preocupação maior sobre aproveitar ao máximo o alimento.

Talos e cascas, que geralmente são dispensados, são partes ricas em nutrientes que podem dar um sabor especial às refeições! As sementes que também são jogadas no lixo quando não se tem uma horta em casa podem ser usadas para replantio: envolva seus filhos nesse processo, promovendo assim um momento de aprendizado em família!

3. Enriquecimento dos sabores

Falando em enriquecer sabores, alimentos frescos são mais gostosos e trazem mais sabores naturais. Ao ter uma horta em casa, além de usar os temperos que são muito melhores dos que os industrializados e desidratados vendidos no mercado, os sabores dos próprios elementos da cozinha são potencializados, já que eles vêm direto da terra.

Se os temperos colhidos praticamente na hora do preparo são melhores e mais saborosos, a refeição se torna de fato um momento de prazer, já que o gosto natural da comida se sobressai, tanto por conta dos temperos quanto pelo próprio gosto natural dos alimentos orgânicos.

A tendência é que a hora de se colocar à mesa promova sensações deliciosas, incentivando todos a apreciarem cada sabor e, assim, entenderem a diferença de ter essa rotina em casa e aproveitá-la em família.

4. Criatividade na hidratação

Muitas pessoas dão preferência aos sucos em pó solúveis, que não são saudáveis, justamente pela facilidade no acesso e preparo. Quando você conta com uma horta em casa, fica mais simples dispor de sabores para substituir essa prática.

Comer bem é essencial e deve vir acompanhado de boa hidratação, para complementar o hábito saudável. Uma horta em casa colabora nesse sentido, já que pode fornecer frutas em seu melhor ponto de colheita.

Você pode contar com sucos excelentes para a saúde, tanto das frutas frescas quanto das hortaliças. De saborosas combinações para servir no lanche dos filhos até um suco energético ou detox, a horta orgânica facilita todas essas possibilidades.

5. Maior nutrição e saciedade

Quando você come e instantes depois sente fome, é sinal de que os alimentos consumidos não estão saciando o seu organismo, e isso indica falta dos nutrientes necessários para se manter saudável e com energia.

Ao sentir vontade de comer doces, fast foods e afins, perceba que o seu corpo está enviando um sinal de carência. No caso de crianças que comem essas “besteiras” compulsivamente, a regra também é válida.

Para resolver esse problema, a alimentação orgânica, saudável e variada é a melhor saída. A saciedade é primordial para que as atividades do dia sejam cumpridas. Além disso, a compulsividade é cortada pelos nutrientes. Vale lembrar que a alimentação balanceada afasta o risco de doenças.

Introduzindo bons hábitos

Não pense que as casas com quintais grandes são as únicas que podem comportar belas hortas. Os pequenos quintais também podem acomodar plantações funcionais e muito práticas para todos, além de ser uma forma de conscientizar todos do convívio sobre a importância dessa iniciativa.

Incluir hábitos saudáveis na rotina da família, como cultivar horta em casa, garante diversos momentos de felicidade e oportunidades de união. Como você pôde conferir ao longo do texto, uma alimentação completa e orgânica faz toda a diferença na saúde e na qualidade de vida, sua e dos seus familiares.

Quer oferecer as melhores oportunidades para a sua família e amigos vivendo em uma infraestrutura incrível na melhor localização? Então, contate a nossa empresa e procure conhecer os melhores residenciais!

Deixe uma resposta

Open chat
Powered by