(15) 3532-3523 (15) 998147-0102 | contato@viaparkurbanismo.com

Como funciona uma instalação hidráulica residencial?

De 28 de junho de 2019Construção
Instalação Hidráulica

A instalação hidráulica residencial costuma ser responsável por apenas 3% do custo total em um projeto de construção de casas. Porém, se não houver atenção, pode representar até 70% dos problemas registrados após a conclusão das obras, elevando muito o custo final. Como consertar fica mais caro, você deve ficar atento a essa parte do projeto.

Então, se você não quiser ter dores de cabeça durante e depois da construção, separamos algumas dicas para lhe orientar no projeto. Confira!

O que é instalação hidráulica?

Instalações hidráulicas são visualmente representadas por encanamentos, caixas d’água, registros e torneiras. No projeto de construção civil, elas têm a função de preparar a captação, distribuição e vazão de água. O projeto deve ser dividido em 2 etapas principais: o arquitetônico e o hidráulico. Falaremos mais sobre eles a seguir.

Como funciona uma instalação hidráulica residencial?

O primeiro passo envolve o desenvolvimento de um bom projeto. Na fase arquitetônica, são definidos os locais do teto, parede e piso onde passarão os encanamentos, bem como onde ficarão os pontos de controle do fluxo de água, como caixas d’água, registros, chuveiros, torneiras, pia, tanque, ralos, máquina de lavar, piscina etc.

A segunda parte do projeto engloba as questões técnicas de instalação, como materiais necessários, marca e modelo dos produtos. As caixas d’água, componente principal para criar um reservatório próprio, devem ser posicionadas em cima da casa para dar pressão ao caimento da água. Sua capacidade precisa estar atrelada ao número de ocupantes da residência.

Por exemplo: considerando um consumo de 200 litros de água por pessoa ao dia em uma casa com 4 ocupantes, a capacidade mínima deve ser de 800 litros.

Quais são os tipos de rede hidráulica?

Um projeto hidráulico bem-feito vai garantir maior durabilidade e redução de problemas. Mas, para isso, o projeto tem que ser feito considerando as reais necessidades da residência. Em casas pré-fabricadas ou pré-moldadas essa não será uma preocupação, uma vez que as peças são entregues já com os espaços apropriados. Com base nisso, conheça agora os principais tipos de rede hidráulica!

Rede de água fria

Simplesmente fornece água tratada às torneiras, chuveiros e vasos sanitários por meio da rede pública de distribuição e das caixas d’água. Os tubos e conexões mais utilizados no projeto são fabricados com PVC roscável ou soldável.

Rede de água quente

Fornece água aquecida às torneiras e chuveiros. Aqui, podem ser utilizados 2 tipos de aquecedores: os de passagem e os de acumulação. A segunda opção é mais recomendada, pois tem capacidade de aquecer um volume maior de água, melhorando o fornecimento interno. Os materiais demandam maior resistência e, por isso, devem ser feitos de CPVC soldável ou de cobre.

Rede de esgoto

É responsável por escoar todos os efluentes gerados pelos vasos sanitários e ralos da casa para a rede pública de coleta e tratamento. Porém, devem passar pela caixa de gordura antes de irem para o sistema de esgoto da cidade, acumulando resíduos sólidos que poderiam entupir os canos. Por isso, é recomendável que limpe-a a cada 5 ou 6 meses.

Como o sistema de esgoto depende da gravidade para escoar os efluentes, as tubulações devem ser instaladas com uma inclinação de 1 a 2 graus. Os tubos e conexões podem ser de PVC comum, mas devem ser largos e próprios para a função.

Rede de águas pluviais

Cuida da coleta, armazenamento, distribuição e escoamento da água das chuvas. Por não ser potável e tratada, deve ser acumulada em cisternas para reutilização de outras formas, como regar plantas e dar descargas. Se você visa construir uma área de lazer, com piscina e jardim, essa será uma boa solução para economizar.

Essa rede começa nos telhados, permitindo a coleta da água por meio das calhas. Passam pelos bocais, são filtradas pelas grelhas e caem pelas tubulações até chegarem ao reservatório.

A instalação hidráulica residencial é importante para agregar comodidade e conforto aos moradores. Por isso, não pode ter erros ou descuidos no projeto. Então, não deixe esse trabalho nas mãos de qualquer um. Busque ajuda especializada, tanto para a realização do projeto quanto para executar as instalações.

Quer ter mais dicas como essas? Assine a nossa newsletter agora mesmo!

Deixe uma resposta

Open chat
Powered by