(15) 3532-3523 (15) 998147-0102 | contato@viaparkurbanismo.com

Confira 5 Dicas para Melhorar a Qualidade de Vida Familiar!

De 28 de agosto de 2018Qualidade de Vida
Qualidade de vida familiar.

Com uma rotina cada vez mais agitada, falta tempo para o lazer e cuidados pessoais na vida dos brasileiros. Assim, passam a sofrer com altos níveis de estresse e depressão causados pelo sedentarismo. Para piorar, a falta de atenção na alimentação contribui para o surgimento de diversas doenças físicas. Isso é tão sério que a qualidade de vida familiar vem se tornando uma condição essencial para a saúde e bem-estar.

Se você não se sente feliz e saudável, este post é para você. Descubra a partir de agora o que é qualidade de vida familiar, por que isso é tão importante e, principalmente, como obtê-la!

Afinal, o que é qualidade de vida?

Definir qualidade de vida é uma questão muito ampla, pois envolve uma série de condições que podem ser diferentes para cada indivíduo ou família. Porém, no geral, podemos afirmar que o equilíbrio entre as condições mais importantes da vida devem reduzir o estresse e proporcionar uma boa autoestima. As principais condições são:

  • gozar de boa saúde física e mental;
  • encontrar significado no trabalho;
  • alcançar a realização profissional;
  • ter poder aquisitivo satisfatório;
  • ter uma boa relação amorosa;
  • se relacionar com os amigos;
  • continuar aprendendo;
  • não ter tantas dívidas;
  • ser independente;
  • fazer o que gosta;
  • dormir bem.

Esses são os pilares essenciais para que uma pessoa e família sintam bem-estar e felicidade. Como pode ver, a qualidade de vida não é construída só com as questões financeiras. Ela está atrelada a outros elementos fundamentais à vida.

Por que a qualidade de vida familiar é importante?

Existe um consenso na sociedade que diz que a família é a base estrutural de qualquer indivíduo. Ter e conviver com parentes queridos faz toda a diferença na vida de uma pessoa. Eles dão a motivação necessária para você se levantar todos os dias e se manter firme, mesmo diante das dificuldades impostas pelo mundo moderno.

Dessa forma, se um integrante da família não vai bem, todos sentem o impacto. Por outro lado, se houver uma qualidade de vida compartilhada, todos se sentem bem. Um motiva o outro e a felicidade se espalha em casa, contagiando parentes e amigos a fazerem o mesmo que deixa você tão bem.

Como melhorar a qualidade de vida familiar?

Agora que você já sabe o que é e por que deve ter qualidade de vida familiar, daremos as dicas essenciais para você alcançá-la. Com isso, conseguirá motivar as pessoas ao seu redor a repetirem seus hábitos. Confira!

1. Invista em um bom lugar para viver

Esse é o primeiro quesito para garantir uma boa qualidade de vida familiar. É primordial morar próximo de onde trabalha e de onde os filhos estudam para passar menos tempo no trânsito. Isso pode liberar algumas horas semanais para você passar com a família, fazer o que gosta e praticar atividades físicas.

Além disso, é importante levar em consideração a segurança. Não adianta se mudar para perto da empresa se o bairro tiver um alto índice de criminalidade. Isso só vai deixar a família mais tensa e estressada. O ideal é morar em um residencial que tenha o acesso controlado 24 horas por portaria, câmeras de monitoramento, cercas elétricas e ronda noturna.

Considere também academia e áreas de lazer internas para se cuidar e se divertir sem precisar sair do residencial. Se o bairro tiver hospitais, escolas, bancos e supermercados, melhor ainda! Grandes mudanças são complicadas, mas valem a pena em nome da qualidade de vida familiar.

2. Cuide da alimentação de todos

A alimentação influencia diretamente no desempenho no trabalho e nos esportes, bem como no sono e no humor. Por isso, adotar uma dieta balanceada é fundamental para ter mais qualidade de vida.

Dedique-se à reeducação alimentar e defina cardápios regados de produtos naturais — crus ou cozidos no vapor. Dê adeus aos enlatados em conserva, frituras e refrigerantes. Isso deve garantir o consumo dos nutrientes necessários à saúde física e mental, o que gera qualidade de vida.

Mas, antes, procure um nutricionista para ter a orientação correta. Existe um tipo de alimentação adequada para cada objetivo, como aumentar a resistência física e melhorar a imunidade. Depois, estimule todos os seus familiares a fazerem o mesmo.

3. Estimule a prática de exercícios

Atividades físicas, principalmente ao ar livre, aliviam o estresse e fazem um bem danado para a saúde física e mental. Três horas por semana, divididas em uma hora por dia, podem ser suficientes para gerar grandes mudanças no corpo e na mente.

Para você ter compromisso, disciplina e consistência, o recomendado é escolher um esporte ou atividade que seja prazeroso. Corrida, natação e dança são alguns exemplos de exercícios fortalecedores dos músculos. Eles também estimulam a melhora da frequência cardíaca, condição essencial para a expulsão de toxinas e outros malefícios do corpo.

Se você organizar um programa de exercícios em família, pode atingir dois objetivos ao mesmo tempo: passar mais tempo com ela, e ajudar todos a terem mais saúde e beleza. Assim como na alimentação, procure um médico antes, para ter as recomendações necessárias.

4. Programe passeios regulares

Nem sempre é fácil encontrar um espaço na agenda para relaxar. Mas isso é necessário para aliviar o estresse e encontrar a paz interior. Se desligar de tudo, às vezes, é muito bom para a saúde mental. Então, tire um tempo nos finais de semana para programas como:

  • fazer piqueniques em parques;
  • acampar em montanhas;
  • ir ao cinema e ao teatro;
  • comer em um restaurante.

Além disso, programes viagens em família. Uma vez por ano já é o suficiente. Lembre-se de que o bom convívio social é fundamental para se aproximar dos seus entes queridos e aumentar os níveis de qualidade de vida de todos.

5. Tenha um sono de qualidade

Algumas pessoas acreditam que dormir muitas horas é sinônimo de um bom sono. Mas isso não é verdade. Você pode dormir apenas seis horas e acordar com as energias renovadas se o sono for profundo. Para isso, você precisa mudar alguns hábitos. Por exemplo:

  • ao se deitar, procure não pensar em problemas ou no que fará no dia seguinte;
  • evite ingerir líquidos entre uma e duas horas antes de dormir, para não precisar ir ao banheiro muitas vezes durante a noite;
  • pare de usar o celular na cama, pois ele deixa o cérebro ativo e, consequentemente, atrapalha o relaxamento;
  • construa um ambiente cheiroso, escuro, silencioso e com temperatura agradável no quarto;
  • passe a dormir todo dia no mesmo horário para ajustar o seu metabolismo, e convide todos na família a seguirem o exemplo.

A qualidade de vida familiar é tão importante quanto a individual, pois isso é o que influenciará nos seus níveis de felicidade. Sendo assim, não perca mais tempo. Adote essas práticas ainda hoje e mude a sua vida e da sua família para melhor.

Gostou das dicas? Então, compartilhe este post com os seus amigos e familiares nas redes sociais. Esse será o ponto de partida para estimular todos a seguirem o mesmo caminho!

Deixe uma resposta

Open chat
Powered by